Top
a

DELIO ANDRADE

  /  Destaque   /  Entre a ORCRIM e a Lei, Moro escolheu a lei

Entre a ORCRIM e a Lei, Moro escolheu a lei

“As mensagens roubadas à Lava Jato não mostram uma ilegalidade: elas mostram a luta intransigente pela legalidade.”

O PROBLEMA NÃO É O CONTEÚDO, NÃO É NADA. MAS A FORMA DE INTERCEPTAR AUTORIDADE FEDERAL, ISSO É GRAVE, A FORMA, PIOR QUE TORTURA E AINDA FAZ PUBLICAÇÃO, VIRA CELEBRIDADE E ESTA GANHANDO COM O CRIME, SÓ NO BRASIL…

“Ficou evidente a obsessão de Moro pela apuração da verdade”, diz advogado de réus da Lava Jato

Luís Carlos Dias Torres, advogado de réus da Lava Jato, afirmou que em sua experiência “nunca houve comprometimento da imparcialidade” de Sergio Moro nos casos em que atuou.

“E toda vez que procurei o Dr. Sérgio Moro para despachar, sempre fui recebido com atenção e respeito. Nunca precisei do Telegram do juiz Sérgio Moro para poder falar com ele”, disse.

Testemunhos desta envergadura nos fazem acreditar nos operadores do direito. Por outro lado vejam os representantes da OAB como tem se comportado, vergonha nacional.

O juiz federal Roberto Wanderley Nogueira disse que as conversas vazadas entre Deltan Dallagnol e Sergio Moro foram obtidas de modo ilícito e que por isso não justificam “tamanho burburinho” na imprensa.

Acho que a ABIN está demorando demais em pedir auxílio para Israel no sentido de descobrir os responsáveis pelo crackeamento dos supostos diálogos entre os membros da lava jato.

A juíza Gabriela Hardt, que condenou Lula, “tem dito que se for alvo de divulgação ilegal de suas mensagens vai processar criminalmente o responsável”.

“O fundamento, na avaliação da juíza, está claro na lei 9.296/96 que trata das interceptações”.

Entre a ORCRIM e a lei, Moro escolheu a lei

Fernando Gabeira diz a proximidade entre juiz e procurador “acontece muito no cotidiano do combate ao crime comum. Um juiz teme muito mais favorecer, pela inércia, a uma organização criminosa do que à promotoria”.

As mensagens roubadas à Lava Jato mostram só isso: Sergio Moro não favoreceu a organização criminosa.

As mensagens roubadas à Lava Jato “tendam a minar o ingresso de Moro no STF, elas fortalecem eleitoralmente seu nome, quando seu capital político já apresentava alguma erosão.

Moro perde como magistrado, ganha como político.”

Quem realmente perde é o Brasil, se as mensagens roubadas forem usadas pelo STF para soltar os bandidos.

Será que o STF terá a coragem e desfaçatez de soltar todos os criminosos da lava jato?

A Lava Jato corre o risco de ser demolida, com a soltura de Lula e de seus comparsas.

Jair Bolsonaro pode tentar impedir esse golpe, indicando para a PGR um procurador próximo da turma de Curitiba

O advogado Kakay, disse que, embora seja amigos de ministros do STF e os receba em casa, nunca tratou de processos fora da corte.

“Tenho o WhatsApp de alguns ministros que são meus amigos pessoais, mas nunca trato de processo dessa forma. Isso é excrescência, é crime. Uma coisa nunca antes vista”, afirmou, aludindo ao suposto conteúdo das mensagens roubadas.

Kakay é um pândego. kkkkkkkkkkkkkkkkk

Sergio Moro vai ao Senado na quarta-feira.

Major Olímpio declarou:

“Se tem alguém que não precisa de blindagem é o Moro. Nossa certeza é a de que ele está 100% amparado na lei, é um dos últimos símbolos da Justiça.”

Ana Lúcia Amaral, procuradora regional da República aposentada, comentou na Folha de S. Paulo:

“Dos meus 21 anos de Ministério Público Federal, sempre falei com juiz, pois ele é o primeiro que deveria convencer para a causa que propunha. Seja cível ou criminal.

Muitas conversas foram bem duras, mas tinha que obter o resultado buscado na ação.

Chega de hipocrisia e inveja do talento alheio.”

Fernando Gabeira, em sua coluna, observa que Gilmar Mendes achou um escândalo a relação de proximidade entre Moro e Dallagnol, procurador da Lava Jato.

Mas se esquece de que também foram vazadas conversas suas com Aécio e com o governador do Mato Grosso que estava para ser preso.

“Viver, na era digital, é muito perigoso.”

 

Post a Comment